PROXIMAS LUTAS UFC 2014

domingo, 19 de outubro de 2014

Horário de verão: relógios devem ser adiantados uma hora

O horário de verão só é aplicado nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, porque nesses estados o consumo é maior e é onde os melhores resultados são alcançados. Assim, o Amazonas terá duas horas de diferença do horário de Brasília até fevereiro de 2015

A partir da 0h deste domingo (19) os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão adiantar seus relógios em uma hora. A edição 2014/2015 do horário brasileiro de verão terá uma semana a mais, para não coincidir com o carnaval, e terminará no dia 22 de fevereiro do ano que vem. Segundo o Ministério de Minas e Energia, mesmo com uma duração maior, a medida deverá resultar em uma economia menor do que no ano passado. A estimativa é que sejam poupados R$ 278 milhões com geração de energia térmica. Na edição anterior a economia foi R$ 405 milhões.

O valor é menor devido à escassez de chuvas que elevou o uso da energia gerada pelas usinas térmicas. A estimativa é reduzir 4,5% na demanda de energia no horário de pico, entre as 18h e as 21h, o que representa 2.595 megawatts. Instituído pela primeira vez em 1931, o horário de verão é adotado sempre nesta época do ano para aproveitar melhor a luminosidade natural do dia e reduzir o consumo de energia, que cresce naturalmente por causa do calor e do aumento da produção industrial às vésperas do Natal. Com a mudança de horário é possível reduzir a demanda por energia no período de suprimento mais crítico do dia, entre as 18h e as 21h, quando a coincidência da utilização de energia elétrica por toda a população provoca um pico de consumo. Com a redução, o uso de energia gerada por termelétricas pode ser evitado, reduzindo o custo da geração de eletricidade.

O horário de verão só é aplicado nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, porque nesses estados o consumo é maior e é onde os melhores resultados são alcançados. A aplicação no Norte e no Nordeste não foi recomendada, porque teria poucos benefícios em termos de economia de energia. Segundo o Ministério de Minas e Energia, o aproveitamento da luz natural ao longo do dia no verão é maior em locais mais próximos aos trópicos. Nos locais mais próximos à Linha do Equador o aproveitamento é reduzido, porque há uma menor intensificação da luz natural ao longo do dia.

fonte: http://acritica.uol.com.br/noticias/Horario-verao-relogios-devem-adiantados_0_1232276774.html

sábado, 18 de outubro de 2014

Globeleza entra em depressão após ataques racistas na internet

 

Rio de Janeiro – A Globeleza Nayara Justino entrou em depressão após ler alguns comentários racistas ao seu respeito. Segundo informações publicadas na versão digital do Extra, os ataques começaram nesta semana, após ser noticiado que a mulata perderá o posto do símbolo de carnaval da TV Globo e que a emissora já busca uma nova beldade para substituí-la.
Após a notícia, segundo o marido da Globeleza, o empresário Cairo Jardim, Nayara se trancou em casa, no Rio, e foi buscar ajuda de um psicólogo.

“Ganhei no voto popular, por quê estão me detonando assim? São tantas noticias ofensivas. Uma jornalista me atacando... Isso acabou com minha vida. Os jornais publicam essas notícias e as pessoas postam comentários racistas”, queixou-se. Preocupado com o estado de saúde da mulher, o marido tem evitado que ela acesse a internet para ler os insultos. “Nayara está revoltada. Não quer falar com ninguém, não quer sair. E o pior de tudo são essas mensagens racistas que ela tem lido na internet. Eu já recolhi aqui mais de 50 mensagens chamando ela de feia, de macaca... Nayara sofre preconceito desde pequena, mas agora estão pegando pesado. Ela já chorou muito”, disse Cairo. 

Cairo contou que Nayara está disposta a dar a volta por cima e que eles ainda não decidiram se vão denunciar os ataques. “Ela já conversou com o psicólogo e marcou uma consulta. É muita maldade e preconceito o que estão fazendo com a minha mulher. Ainda não decidimos que medidas vamos tomar. Estamos resolvendo se vamos ou não denunciar. Mas o mais importante agora é que ela quer superar tudo isso”.

FONTE: http://new.d24am.com/plus/tv/globeleza-entra-depressao-apos-ataques-racistas-internet/122261

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Justiça Eleitoral aprova pedido de envio de tropas federais para municípios

Manaus - O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) aprovou, nessa quinta-feira (16), por maioria dos votos, o pedido de extensão do envio das tropas federais para todos os municípios do Estado para garantir a segurança no segundo turno das eleições, no dia 26 deste mês. O pedido será encaminhado para análise do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No primeiro turno da disputa eleitoral, 18 municípios do Estado contaram tropas federais para reforço na segurança.  O pedido foi feito pela coligação ‘Renovação e Experiência’, comandada pelo senador e candidato ao governo do Estado, Eduardo Braga (PMDB). A coligação solicitou, ainda, que a Força Nacional fosse enviada aos municípios, mas o pedido foi negado pelo tribunal. O advogado da coligação, Daniel Nogueira, informou que a ‘Renovação e Experiência’ pediu que as tropas federais fossem enviadas a todos os municípios do interior do Estado porque a Polícia Militar está sendo utilizada na campanha eleitoral do candidato à reeleição, José Melo (PROS).

“Nossa preocupação é com a lisura do pleito e isso passa pela lisura dos mecanismos de controle. Tivemos ocorrências do primeiro turno que nos levaram a ter preocupação com relação a isso (segurança). Entre elas, está uma situação trazida pelo Ministério Público na qual o promotor de Tefé disse à Justiça (Eleitoral) que o comandante do policiamento  estava a serviço dos advogados de uma coligação no município. Além disso, temos vídeos e outras provas”, disse Nogueira.

Contrário

O relator do pedido e vice-presidente do TRE-AM, desembargador Mauro Bessa, foi o único contrário à extensão do envio de tropas federais a todos os municípios do Amazonas. Segundo ele, o reforço na segurança deve ser solicitado pelo governador do Estado ou pela Justiça Eleitoral. O julgamento foi suspenso para formulação do acórdão pelo juiz Affimar Cabo Verde.

FONTE: http://new.d24am.com/noticias/eleicoes-2014/justica-eleitoral-aprova-pedido-envio-tropas-federais-para-municipios/122158

Aécio Neves e Dilma Rousseff trocam acusações de nepotismo em debate no SBT

 

O primeiro bloco do debate presidencial no SBT foi marcado por troca de ataques entre os candidatos Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). O momento mais quente foi a troca de acusações entre os dois em relação a nepotismo. Dilma disse nunca ter nomeado parentes e questionou Aécio se ele já empregou familiares. Aécio respondeu com ironia sobre referência aos concursos públicos no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e lembrou que Dilma escreveu uma carta elogiando o ex-presidente. Sobre a questão de nepotismo, Aécio disse que sua irmã Andrea Neves trabalhou como voluntária no governo mineiro. "Nepotismo é proibido por lei. Ela assumiu cargo de voluntariado, que geralmente as esposas ocupam, entenda a lei", rebateu o tucano.

Aécio citou ainda, dizendo "lamentar trazer isso para o debate", o irmão de Dilma, Igor Rousseff, que segundo ele foi contratado pelo então prefeito de Belo Horizonte e correligionário da presidente Fernando Pimentel. "Ele não apareceu um dia para trabalhar. Essa é a nossa diferença, minha irmã trabalha muito e não recebe nada, seu irmão não trabalha e recebe muito."  Dilma, por sua vez, listou um tio, uma irmã, três primos e três primas empregados por Aécio em Minas, dizendo que todos esses casos não foram explicados pelo candidato do PSDB. A petista apontou que, apesar de Andrea Neves ter assumido cargo de voluntária, era responsável por verbas de comunicação do governo mineiro, e perguntou por que não foi esclarecida a acusação de favorecimento de veículos da família de Aécio. "Todo mundo sabe que ela era responsável pela destinação de verbas relativas a propaganda. Quanto vocês colocaram nas três rádios e jornal que vocês possuem?", pressionou Dilma.

"Atendi a reivindicação histórica das empresas de radiodifusão, todas as empresas de rádio receberam as mesmas verbas no meu governo", defendeu Aécio ao argumentar que a suposta irregularidade na destinação de verbas foi denunciada pelo PT e o Ministério Público não comprovou qualquer malfeito.  Antes desse confronto sobre nomeação de parentes, os candidatos trocaram farpas sobre escândalos de corrupção. Logo na primeira pergunta, Aécio questionou de quem é a responsabilidade no governo Dilma pelos desvios na Petrobras. Dilma repetiu a argumentação de que tudo o que é investigado no seu governo é possível por ser hoje a Polícia Federal um órgão independente, que vai "punir implacavelmente". "O Brasil pela primeira vez vai ter combate sistemático à corrupção", defendeu Dilma, que listou casos de denúncias ligados ao governo do PSDB e supostamente não resolvidos.

A candidata à reeleição disse estarem soltos os envolvidos nos casos da denúncia de compra de votos para aprovação da emenda da reeleição, escândalo da pasta rosa, do Sivan, do mensalão mineiro e do cartel de trens e metrô em São Paulo, esse último, apontou, sendo hoje investigado por instituições da Suíça. Aécio rebateu dizendo que esses casos foram investigados e as pessoas não foram condenadas por falta de provas. Dilma, por sua vez, disse achar "estarrecedor" que Aécio ache que essas pessoas não foram condenadas por serem inocentes. Segundo ela, isso aconteceu porque não foram investigadas.

Abertura

Na abertura do debate, tanto Aécio como Dilma usaram estratégias testadas em outros confrontos. Aécio afirmou que o ciclo do PT no governo federal fracassou. "O Brasil é um cemitério de obras inacabadas", disse e criticou a condução da economia. Aécio propôs combater a inflação com "extrema firmeza e determinação". Colocou-se novamente como candidato não apenas do PSDB, mas de um "projeto generoso, de união e de integração nacional". Dilma se colocou como representante do projeto que diminuiu a exclusão social. "Represento o projeto que construiu as bases para Brasil mais moderno, mais inclusivo e mais produtivo", disse Dilma. E repetiu querer continuar a criar oportunidades para todos.
FONTE: http://new.d24am.com/noticias/eleicoes-2014/aecio-neves-dilma-rousseff-trocam-acusacoes-nepotismo-debate/122135

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Luxemburgo critica vinda do Fla para Manaus: "será que pode jogar lá mesmo?".

 

Manaus - Após a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil, ao vencer o América-RN, o técnico do Flamengo Vanderlei Luxemburgo não poupou críticas à viagem que o Rubro-Negro terá de fazer a Manaus, onde enfrenta o Botafogo, no dia 25 de outubro, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. De acordo com declarações publicadas pelo site Lancenet, o treinador afirmou que a CBF deveria se pronunciar sobre o assunto e proibir determinadas trocas de mando no estágio final do Campeonato Brasileiro.

“Essa viagem é complicada. Teremos um desgaste muito grande. O traslado para sair, tem de chegar uma hora antes no aeroporto e etc. São sete horas de viagem praticamente. Mas acho que isso aí quem tem de intervir é a CBF. Será que pode jogar lá mesmo? É meio complicado. Estamos no fim da competição, quando o desgaste físico é grande. Mas nos cabe continuar trabalhando”, afirmou o treinador. O jogo realizado em Manaus marcará o recorde de público da Arena da Amazônia, uma vez que todos os mais de 43 mil ingressos foram vendidos em apenas um dia. A partida começará às 19h.

fonte: http://new.d24am.com/esportes/futebol/luxemburgo-critica-vinda-para-manaus-sera-pode-jogar-mesmo/122086

Sequência de chuvas deixa autoridades em alerta e antecipa 'inverno amazônico', em Manaus

Chuva forte que cai sobre a capital amazonense desde o começo da manhã desta quinta-feira (16) causa estragos em diversas áreas da cidade. Defesa Civil e Bombeiros em alerta máximo durante o período, que indica início de temporada chuvosa no Amazonas

Manaus está sendo castigada pelas chuvas desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (16) e a previsão para o mês de outubro, em Manaus, deve ser superada muito antes do esperado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A expectativa para todo o período é de 112 milímetros (mm) de água, mas o volume que caiu sobre a capital somente nos quatro dias desta semana já ultrapassa 65% do previsto, dando indícios da chegada antecipada do inverno amazônico. Apenas em uma hora (entre 7h e 8h), o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) registrou precipitação de 24,6 mm, com rajadas de vento de até 42,6 km/h. Neste intervalo de tempo, a temperatura local, que estava na casa dos 25°C, caiu para 22°C, com o índice de umidade relativa do ar oscilando entre 85% e 95%.

Com a forte chuva, várias ocorrências estão sendo registradas junto aos órgãos como Defesa Civil, Corpo de Bombeiros do Amazonas e Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans). São desabamentos de barrancos, queda de muro e tombamento de arvore em áreas de risco espalhadas por diversas Zonas da cidade, além de vários pontos de alagação em vias, que acabaram causando retenção no trânsito. A Defesa Civil (DC) de Manaus registrou, até às 10h, sete ocorrências por conta da chuva: foram três deslizamentos de barrancos nos bairros Armando Mendes, Cidade Nova e Tancredo Neves; um risco de desabamento de muro no Nova Esperança; um desabamento de muro no Japiim; e dois tombamentos de árvores, no Jorge Teixeira e Armando Mendes. Apesar dos sustos, não houve registro de vítima lesionada.

Após forte chuva, árvore caiu na rua B7 do conjunto Morada do Sol (Foto: Euzivaldo Queiroz)

Cinco equipes estão nas ruas atendendo os chamados. Nas últimas quatro horas, os pluviômetros instalados na capital registraram os seguintes volumes de chuva nas zonas: 37,2mm na Leste; 5mm na Norte; 33mm na Sudeste, 39,4mm na Oeste; 12,2mm na Centro-Oeste; e 39,6mm na Sul. As equipes da DC continuam em alerta por conta da previsão de chuva do Sipam. "As imagens do radar meteorológico mostram nuvens convectivas deslocando-se do nordeste em direção à cidade de Manaus. Estas nuvens deverão ocasionar pancadas de chuva de intensidade moderada, com trovoadas e possíveis rajadas de vento durante as próximas horas", informa o sistema de proteção.  O aeroporto internacional Eduardo Gomes, localizado na Zona Oeste de Manaus, está funcionando apenas por meio de radares desde 5h30 da manhã. Apesar do procedimento, nenhum pouso ou decolagem sofreu atraso durante o período de chuva. Enquanto o tempo estiver fechado, o local deve permanecer trabalhando da mesma maneira por conta da baixa visibilidade...


fonte: http://acritica.uol.com.br/noticias/Sequencia-chuvas-Manaus-autoridades-alerta_0_1231076888.html

FGV divulga resultado preliminar do concurso público da Seduc

Os candidatos devem acessar o site da FGV na internet e consultar sua pontuação individual através de CPF e senha individual. O concurso oferece 7.043 vagas para os 62 municípios do Amazonas

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou na tarde desta quarta-feira (15) o resultado preliminar do concurso público da Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc), cujas provas foram aplicadas no final de agosto. Os candidatos que participaram do exame de seleção podem acessar o site da FGV na internet pelo endereço eletrônico http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/seduc-am e consultar sua pontuação individual através de CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) e senha individual, gerada no ato da inscrição. Oferecendo 7.043 vagas para todos os 62 municípios do Estado, o concurso público da Seduc teve suas provas realizadas no último dia 31 de agosto e configurou-se com um dos maiores já realizados no Amazonas.

Das vagas indicadas no edital, 5.495 são para o cargo de professor, 826 para pedagogos, 768 para o cargo de merendeiro, 85 para assistentes técnicos, 60 para assistentes sociais, 52 para psicólogos, 52 para bibliotecários, 50 para nutricionistas, 21 vagas para engenheiros, 5 vagas para contadores, 3 para fonoaudiólogos e ainda 2 para estatísticos. Conforme dados oficiais foram registradas 75.758 inscrições no concurso do órgão, sendo 39.220 para cargos de nível superior, 11.772 para cargos de nível médio e 24.766 para cargos de nível fundamental.

Recursos

Para recorrer ao resultado preliminar do concurso, os candidatos deverão interpor recurso no prazo de dois dias úteis a contar das 23h59 do dia 15 de outubro de 2014 até dia 17 de outubro de 2014, utilizando formulários disponíveis no site da FGV, sendo respeitadas as respectivas instruções. Para maiores informações, a FGV disponibilizou aos candidatos o telefone 0800-283- 4628 e ainda o e-mail concursoseduc.am@fgv.br. Conforme previsto em edital, o resultado final do certame será homologado e divulgado no Diário Oficial do Estado no dia 27 de dezembro do ano corrente.

fonte: http://acritica.uol.com.br/noticias/FGV-resultado-preliminar-concurso-Seduc_0_1230476982.html

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

PF prende em Manaus suspeito de praticar pornografia infantil na rede de Internet oculta Deep Web

Na Deep Web, usuários acessam ambientes virtuais "ocultos" para visualizar conteúdo ilegal como pornografia sem serem identificados. PF “furou” Deep Web e identificou mais de 90 usuários, sendo 50 deles já presos em todo o País

A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta quarta-feira (15), em Manaus, uma pessoa suspeita de praticar crime de divulgação e armazenamento de conteúdo pornográfico infantil na rede da parte “oculta” da Internet, também conhecida como Deep Web. Na capital do Amazonas, quatro mandados de busca foram cumpridos como parte da operação "Darknet", deflagrada em todo território nacional ainda na madrugada. 

Ao todo, em 18 Estados brasileiros, mais o Distrito Federal, 50 pessoas já foram presas por envolvimento em tais crimes, e mais de 100 mandados de busca, prisão e condução coercitiva foram cumpridos. Em Manaus, mais duas pessoas também foram detidas e prestaram depoimento na sede da Superintendência da Polícia Federal, no bairro Dom Pedro. As investigações iniciaram há cerca de um ano para descobrir as identidades dos usuários da Deep Web que compartilhavam conteúdos pornográficos. Na Internet “profunda”, os internautas acessam ambientes virtuais que escondem os pontos de acesso (IP) e, assim, eles ficam, ocultos na rede. A PF usou ferramentas próprias para “furar” a Deep Web. Durante a operação, seis crianças foram resgatadas de situações de abuso ou de iminente estupro, em diversos locais do Brasil. Em um dos casos, em São Paulo, um pai relatava na Deep Web que iria abusar sexualmente da própria filha assim que ela nascesse, ou seja, planejava cometer o crime mesmo antes da vítima vir ao mundo.

Nesses episódios, policiais federais agiram e evitaram que as crianças permanecessem ou se tornassem vítimas, prendendo quatro suspeitos. Por meio de metodologia inédita, e com próprias ferramentas, os policias conseguiram quebrar a arquitetura da Deep Web e identificar mais de 90 usuários que compartilham pornografia infantil. “Um fato que nos chamou atenção foi o nível de crueldade dessas pessoas. A esposa estava grávida e estava se preparando para ter o bebê, e ele buscando meios para abusar da própria filha, que ainda nem havia nascido”, declarou o superintendente da Polícia Federal do Rio Grande do Sul, delegado Sandro Caron, um dos coordenadores da operação.

Mais 500 agentes trabalharam na operação em 44 unidades da PF: Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.
“Eles achavam que não poderiam ser rastreados, mas conseguimos prender essas pessoas que, além de divulgar imagens pornográficas, eram abusadores”, completou o delegado Caron. Segundo ele, entre os presos na operação Darknet há seminaristas, funcionários de Secretaria de Segurança Pública, agentes penitenciários e pessoas das mais diferentes classes sociais. As informações obtidas nas investigações envolveram suspeitos de outros países e foram repassadas para autoridades de Portugal, Itália, Colômbia, México, Venezuela. Até o momento, somente polícias dos Estados Unidos e da Inglaterra haviam realizado investigações de crimes dentro da Deep Web.

“Evoluímos de operações em redes (de Internet) abertas, depois demos mais um passo e investigamos redes criptografadas, e hoje entramos nas redes ocultas da Internet”. Há uma pesquisa que indica que entre homens presos por posse de pornografia infanto-juvenil, 85% admitiram contato sexual com crianças. 

FONTE: http://acritica.uol.com.br/noticias/PF-suspeitas-envolvimento-pornografia-Internet_0_1230476968.html

Em Manaus, chuvas dos últimos três dias correspondem quase metade do esperado para outubro

Desde a última segunda-feira, já choveu quase metade do que é esperado para todo o mês de outubro na capital. Dados do Inmet apontam que durante o temporal que atingiu a cidade na madrugada desta quarta-feira (15), foram registrados ventos de até 57km/h

Manaus sofreu com mais um temporal que atingiu a cidade na madrugada desta quarta-feira (15) e atingiu, em apenas três dias, 40% de toda precipitação esperada para o mês de outubro na capital amazonense. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as constantes chuvas que ocorrem desde a última segunda-feira (13) correspondem a quase a metade do esperado para todo o mês - sendo que o período chuvoso deveria se intensificar apenas em novembro. Apesar da forte tempestade, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros não registraram nenhuma ocorrência grave.

A tempestade, que começou por volta das 4h, atingiu todas as áreas da cidade e a temperatura, que estava em 25°C, caiu em poucos minutos para 22°C, com a umidade relativa do ar oscilando entre 90 e 94%. Os fortes ventos também contribuíram para que a chuva se tornasse ainda mais densa: as bases meteorológicas do aeroporto internacional Eduardo Gomes, localizado na Zona Oeste de Manaus, e a do aeroporto Ponta Pelada, na Zona Sul, apontaram que em apenas 15 minutos a velocidade dos ventos saltou de 35 km/h para 57 km/h. A quantidade de chuva que desabou sobre a capital também foi muito grande. De acordo com a meteorologista Renata Loureiro, entre segunda e esta quarta-feira, choveu na cidade 45 milímetros (mm) de água, sendo que o aguardado para o mês inteiro de outubro é de 112 mm, ou seja, em 15 dias o acumulado de água que caiu já chegou a 40% do esperado para todo o período.

A mudança brusca na força dos ventos, aliada à quantidade de chuva, assustou muitos moradores e, em certas zonas da cidade chegou a faltar energia elétrica. Apesar da forte tempestade, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros não registraram nenhuma ocorrência até o início desta manhã. O aeroporto internacional Eduardo Gomes também não sofreu nenhuma alteração em pousos ou decolagens.

FONTE: http://acritica.uol.com.br/manaus/Chuvas-ultimos-Manaus-correspondem-esperado_0_1230476952.html

Aécio critica ataques; Dilma diz que adversário distorce fatos

 

São Paulo - O candidato do PSDB Aécio Neves, ainda no primeiro bloco do debate presidencial, reclamou das "ofensas e mentiras" que considera terem pautado a campanha da adversária Dilma Rousseff (PT). Aécio colou sua imagem à de Marina Silva e Eduardo Campos (PSB), dizendo que foi vítima, assim como eles, da campanha petista. "A senhora não se arrepende de ter feito ataques tão cruéis no primeiro turno?", provocou.

Dilma rebateu dizendo que é Aécio que faz ataques cruéis e quem distorce os fatos. Ela argumentou que a informação colocada pelos tucanos de que o PSDB iniciou o Bolsa Família através de programas como o Bolsa Escola é uma comparação errada. "É um programa que não tinha escala nem dimensão. O Bolsa Escola atendia a 5 milhões de pessoas, o Bolsa Família é para 50 milhões." Dilma também justificou a acusação de que Aécio acabaria com o papel dos bancos públicos, dizendo que a informação veio de Arminio Fraga, apontado pelo candidato do PSDB como ministro da Fazenda de seu eventual governo. A presidente defendeu a participação dos bancos públicos na economia, citando o BNDES como banco de subsídio à infraestrutura, o Banco do Brasil como financiador do setor agrícola e a Caixa Econômica Federal, do setor habitacional.  "Vocês querem diminuir o papel da Caixa no setor habitacional. Sem a Caixa, não tem o Minha Casa, Minha Vida", argumentou Dilma. "Vocês nunca fizeram programas sociais quando puderam, sempre deixaram a desejar", completou.

Aécio repetiu que a petista "falta com a verdade" e disse que o maior programa de transferência de renda na história contemporânea do Brasil foi a estabilização da moeda, obtida pelo Plano Real. "O maior programa de transferência de renda da história contemporânea do Brasil não foi o Bolsa Família, foi o Plano Real, que vocês combateram com toda força", afirmou. O tucano disse que Arminio tem defendido não o fim dos bancos públicos, mas a gestão dessas instituições com transparência. Sobre o programa Minha Casa, Minha Vida, disse que pretende continuar e aumentá-lo, ampliando especialmente o acesso da faixa da população que recebe até três salários mínimos.

fonte: http://new.d24am.com/noticias/eleicoes-2014/aecio-critica-ataques-dilma-adversario-distorce-fatos/121978

Pedido de vista adia decisão sobre cassação do prefeito de Boa Vista do Ramos

 

Manaus – Na manhã desta quarta-feira (15), a Polícia Federal deflagrou a operação Darknet, que tem por objetivo confirmar a identidade dos suspeitos e buscar elementos que comprovem os crimes de armazenamento e divulgação de imagens e abuso sexual de crianças e adolescentes. Estão sendo cumpridos mais de 100 mandados de busca, de prisão e de condução coercitiva em 18 estados e no Distrito Federal, com a participação de mais de 500 policiais federais. A Operação Darknet foi deflagrada simultaneamente por 44 unidades da Polícia Federal nos estados do Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

As informações obtidas durante as investigações que envolvem suspeitos de outros países foram repassadas para autoridades de Portugal, Itália, Colômbia, México, Venezuela. Pela primeira vez em operações de combate à pornografia infantil, a Polícia Federal rastreou o ambiente conhecido como Deep Web (www.ebc.com.br/tecnologia/2013/08/deep-web-riscos-e-usos-possiveis), considerado um meio seguro para que usuários da internet divulguem anonimamente conteúdos variados. A arquitetura desse ambiente impossibilita a identificação do ponto de acesso (IP), ocultando o real usuário que acessa a rede. Através de metodologia de investigação inédita e ferramentas desenvolvidas, os policias federais conseguiram quebrar esse paradigma e identificar, na Operação Darknet, mais de 90 usuários que compartilham pornografia infantil. Até o momento, somente as polícias dos Estados Unidos e da Inglaterra realizaram investigações de crimes praticados através da Deep Web. No decorrer da investigação iniciada há um ano, pelo menos seis crianças foram resgatadas de situações de abuso ou do iminente estupro, em diversos locais do Brasil. Em um dos casos, um pai relatava que iria abusar da filha assim que ela nascesse. Nesses episódios, policiais federais agiram e evitaram que as crianças permanecessem ou se tornasse vítima, prendendo quatro investigados. Há pesquisa que indica que entre os homens presos por posse de pornografia infanto-juvenil, 85% admitiram o contato sexual com crianças.

fonte: http://new.d24am.com/noticias/brasil/policia-federal-deflagra-operacao-darknetcontra-crimes-sexuais-criancas/121984

Polícia Federal deflagra operação 'Darknet' contra crimes sexuais à crianças

 

Manaus – Na manhã desta quarta-feira (15), a Polícia Federal deflagrou a operação Darknet, que tem por objetivo confirmar a identidade dos suspeitos e buscar elementos que comprovem os crimes de armazenamento e divulgação de imagens e abuso sexual de crianças e adolescentes.
Estão sendo cumpridos mais de 100 mandados de busca, de prisão e de condução coercitiva em 18 estados e no Distrito Federal, com a participação de mais de 500 policiais federais.

A Operação Darknet foi deflagrada simultaneamente por 44 unidades da Polícia Federal nos estados do Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal. As informações obtidas durante as investigações que envolvem suspeitos de outros países foram repassadas para autoridades de Portugal, Itália, Colômbia, México, Venezuela. Pela primeira vez em operações de combate à pornografia infantil, a Polícia Federal rastreou o ambiente conhecido como Deep Web (www.ebc.com.br/tecnologia/2013/08/deep-web-riscos-e-usos-possiveis), considerado um meio seguro para que usuários da internet divulguem anonimamente conteúdos variados. A arquitetura desse ambiente impossibilita a identificação do ponto de acesso (IP), ocultando o real usuário que acessa a rede.

Através de metodologia de investigação inédita e ferramentas desenvolvidas, os policias federais conseguiram quebrar esse paradigma e identificar, na Operação Darknet, mais de 90 usuários que compartilham pornografia infantil. Até o momento, somente as polícias dos Estados Unidos e da Inglaterra realizaram investigações de crimes praticados através da Deep Web. No decorrer da investigação iniciada há um ano, pelo menos seis crianças foram resgatadas de situações de abuso ou do iminente estupro, em diversos locais do Brasil. Em um dos casos, um pai relatava que iria abusar da filha assim que ela nascesse. Nesses episódios, policiais federais agiram e evitaram que as crianças permanecessem ou se tornasse vítima, prendendo quatro investigados. Há pesquisa que indica que entre os homens presos por posse de pornografia infanto-juvenil, 85% admitiram o contato sexual com crianças.

fonte: http://new.d24am.com/noticias/brasil/policia-federal-deflagra-operacao-darknetcontra-crimes-sexuais-criancas/121984

Anatel lança aplicativo para usuários verificarem qualidade do serviço das operadoras

Ferramenta permite visualizar desde localização de antenas a percentagens de queda de ligação

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou, nesta terça-feira (14), o Anatel Serviço Móvel, um aplicativo que permite ao usuário saber quais os serviços oferecidos pelas empresas em seus municípios e a qualidade desses serviços. O anúncio foi feito em uma coletiva, parte do ciclo de atividades da Futurecom, maior feira do setor de telecomunicações da América Latina, realizada em São Paulo. O Anatel Serviço Móvel já está disponível nas plataformas Google Play e AppStore, para uso nos sistemas operacionais Android e iOS, respectivamente. Utilizando GPS, ele usa a localização do usuário para descobrir quais operadoras atuam em seu município e se essas operadoras oferecem serviços de 2G, 3G e 4G na localidade. O aplicativo, feito depois de dois meses em desenvolvimento, também mostra quantas estações rádio-base (ERBs), como antenas, por exemplo, a operadora mantém, quais serviços essas antenas oferecem, e a localização de cada uma delas.

Em outra tela, o aplicativo apresenta dados de acesso, isto é, a percentagem de tentativas de conexão que resultaram em êxito, e dados de queda, isto é, a percentagem que a conexão cai uma vez estabelecida. Esses dados são divididos por operadora e são oferecidos separadamente, por mês, e também em forma de uma tabela que compara as estatísticas de uma mesma localidade durante um ano inteiro. Os dados também vêm especificados em serviços de voz, ou seja, ligações telefônicas, e serviços de dados, a chamada internet móvel.



O superintendente da Anatel Roberto Pinto Martins explicou a responsabilidade do órgão e o objetivo do aplicativo. “O nosso compromisso é continuar esse sistema, publicando essas informações, para que o consumidor perceba que o que ocorre na sua operadora e para que as outras operadoras [se] comparem”, disse. 

Ele ainda fala da interatividade que inspira o projeto. “Nós temos várias informações na agência e eu acho que nós podemos disponibilizar essas informações, até porque elas já estavam sendo publicadas no site da agência, mas de uma maneira muito sem emoção então eu acho que aqui [no aplicativo] se cria um novo ambiente de interação entre o usuário e a forma com que a informação é apresentada”, comentou Roberto, que informou também que o site da Anatel também vai contar com os infográficos do app.

fonte: http://acritica.uol.com.br/noticias/Anatel-aplicativo-verificarem-qualidade-operadoras_0_1229877044.html

Rede de fibra óptica que conectará Brasil aos EUA e Africa deve beneficiar também o Amazonas

Segundo Divino Sebastião de Souza, diretor presidente da Algar Telecom, a infraestrutura abre possibilidades que permitirão uma capacidade de transmissão de dados para a Região Norte do Brasil

Rede de cabos submarinos de fibra óptica que conectará o Brasil aos Estados Unidos e à África pode vir a melhorar a Internet no Amazonas, de acordo com Divino Sebastião de Souza, diretor presidente da Algar Telecom, uma das empresas que construirão a rede em parceria. O anúncio foi feito durante palestra na Futurecom 2014, que acontece em São Paulo. Um dos cabos sairá de Boca Ratón, no estado norte-americano da Flórida, passará por Fortaleza (CE) e chegará até Santos (SP). Outro conectará Fortaleza a Angola, permitindo maior fluxo de dados entre a América Latina e a África, duas regiões com demandas crescentes no setor de telecomunicação. Segundo Cristian Ramos, gerente de parcerias de desenvolvimento de infraestrutura de internet para a América Latina da norte-americana Google, a previsão é que todo o sistema esteja totalmente operacional até o final de 2016.

O diretor acredita que as possibilidades abertas pelo projeto permitirão uma capacidade de transmissão de dados para a Região Norte. “Nós temos mais de 14 mil Kms de fibra óptica compondo nossa rede nacional e, com o cabo submarino conectando o nossobackbone, que hoje passa em Santos, com Fortaleza, há muitas possibilidades para levar essa conectividade ao Norte”, disse Divino. Para o diretor da Algar Telecom, “uma parceria com alguém tenha estrutura na área a partir de Fortaleza é muito mais possível”, em contraposição a Brasília, a atual ponta norte do backbone da empresa. “Não imagino forma de conectar a transmissão dos dados do Norte via Brasília que não envolva a construção de linhas de transmissão, e isso requereria um trâmite muito mais complexo”, comentou. Além dele, Carolina Cossa, presidente da estatal uruguaia de telecomunicações Antel; Antônio Nunes, presidente do conselho executivo da empresa angolana Angola Cables; e John Mitchell, presidente da também norte-americana TE SubCom, líder em sistemas de comunicações submarinos, estavam presentes na coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (14) dentro das atividades do Futurecom.

Investimento

Perguntados sobre o investimento total da empreitada, que um jornalista estimou que seria de aproximadamente US$ 500 milhões, os dirigentes ficaram constrangidos e olharam uns aos outros até que o gerente da Google declarou: “O investimento é próximo de US$ 500 milhões, mas não é US$ 500 milhões”.
Apesar disso, Antônio revelou que seus investimentos giram em torno de US$ 260 milhões, inclusos as despesas com um centro de processamento de dados que a Angola Cables pretende instalar em Fortaleza para dar suporte aos cabos que passarão pela cidade, e Cristina comentou que a Antel pretende gastar US$ 73 milhões com a obra.

Objetivos

As empresas vêm de diferentes backgrounds e têm objetivos distintos. A Antel, por exemplo, ainda tem expectativas de conectar o cabo diretamente ao Uruguai, em uma futura extensão que o levaria de Santos a Maldonado, mas disse ainda não ter previsão para essa obra. Já a Angola Cablesvê na incursão um passo estratégico. “Isso tem tudo a ver com a nossa estratégia de desenvolvimento a nível africano. Angola quer ser um hub de telecomunicações na África e, para isso, fazer uma estrutura de cabos submarinos que vai fazer ligações diretas de Angola tanto para Europa, que temos um cabo a funcionar, outro cabo que vamos instalar entre Angola e o Brasil e este cabo que vai ligar o Brasil e o Estados Unidos, desenvolvendo com isto uma rede de cabos submarinos internacionais”, disse o presidente da empresa.

Gestão

Cada empresa compartilhará a estrutura em sua totalidade, mas será responsável por seu trecho de fibra óptica, podendo capitalizá-lo da maneira como achar melhor. Cristian, no entanto, destacou que “nem todas as empresas (da parceria) têm objetivo de gerar receita. Algumas só têm o objetivo de reduzir custos”. Independente disso, os dirigentes comentaram que manutenção será pro rata, ou seja, custeada de maneira proporcional por todas as empresas, e realizada por uma única empresa contratada.

fonte: http://acritica.uol.com.br/noticias/Rede-Brasil-EUA-Africa-Amazonas_0_1229877037.html

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Petrobras volta a ser a empresa mais valiosa da América Latina

 

Rio de Janeiro - Com alta de 7,10% em outubro, até o fechamento desta segunda-feira, 13, a bolsa brasileira é a única da América Latina e EUA com crescimento de valor de mercado, segundo levantamento da consultoria Economática. Diante da alta, a Petrobrás voltou a ser a empresa mais valiosa em valor de mercado na América Latina.

A companhia fechou no dia 13 de outubro valendo US$ 116,37 bilhões. O valor de mercado da empresa no dia 30 de setembro era de US$ 93,7 bilhões. Com esse ganho, a companhia teve a maior alta entre as empresas dos EUA e América Latina.  Entre as 10 maiores da América Latina aparecem seis empresas brasileiras, três mexicanas e uma colombiana. O setor bancário é o que tem mais representantes, com três instituições. No fim de setembro, a BM&FBovespa valia US$ 959,5 bilhões contra US$ 1,02 trilhões no dia 13 de outubro, um crescimento de US$ 68 bilhões. A título de comparação, o mercado norte-americano no mesmo período tem queda de valor de mercado de US$ 1,16 trilhões, quantia superior ao de todas as empresas brasileiras de capital aberto juntas. Em 13 de outubro, as empresas dos EUA tinham valor de mercado de US$ 20,96 trilhões. As sete bolsas da América Latina acumulam valor de mercado de US$ 2,19 trilhões na mesma data.

FONTE: http://new.d24am.com/noticias/economia/petrobras-volta-empresa-mais-valiosa-america-latina/121937