PROXIMAS LUTAS UFC 2014

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Aldo sofre para bater o peso, mas garante que o cinturão do UFC fica no Brasil


Rio de Janeiro - "Tenham a certeza que o cinturão não vai sair daqui". Estas foram as palavras do amazonense José Aldo Júnior, atual campeão dos penas do UFC, após bater o peso - com uma certa dose de tensão - para o combate com Chad Mendes, neste sábado, no Rio de Janeiro, na luta principal do UFC 179. Ambos os lutadores pesaram o limite da categoria: 65,8kg. Porém, a pesagem de Aldo foi um pouco mais sofrida. Enquanto Mendes, de cuecas, passou tranquilamente pela balança, Aldo precisou ficar nu e, com uma toalha para cobrir as partes íntimas, bateu o peso e confirmou o segundo combate valendo cinturão contra Chad Mendes. No primeiro, em 2012, o amazonense nocauteou o adversário no final do primeiro round.

A encarada entre Aldo e Mendes após a pesagem foi tranquila, mas o americano chegou a provocar a torcida. Após ouvir gritos de "Uh, vai morrer", Mendes fez um sinal com as mãos nos ouvidos, pedindo que a torcida gritasse mais. Não faltaram vaias para o norte-americano. A pesagem do co-evento principal, entre Glover Teixeira e Phil Davis, teve uma pitada de provocação. Após os dois baterem o peso, Glover Teixeira sinalizou para a plateia que "acabou", apontou para Phil Davis e sinalizou que vai bater no americano, após bater o peso. Três lutadores enfrentaram problemas para bater o peso. Scott Jorgensen, que enfrenta o brasileiro Wilson Reis pelo peso galo, ficou 1kg acima do permitido, e teve uma hora extra para perder o peso. O mesmo aconteceu com Tony Martin e Fabrício Morango, que se enfrentam pelos leves. Martin passou 0,7kg do peso, enquanto o brasileiro ficou 1kg acima do permitido.

FONTE: http://new.d24am.com/esportes/lutas/aldo-sofre-para-bater-peso-garante-cinturao-fica-brasil/122668

Áudios históricos das missões da Nasa são divulgados

São Paulo - A Nasa divulgou na página do Soundcloud oficial da agência especial mais de 60 áudios históricos de suas missões, incluindo “Houston, we've had a problem" e “One small step for man, one giant leap for mankind”. Em anúncio oficial, a empresa brincou: “Agora vocês podem escutar as palavras de Neil Armstrong toda vez que seu telefone tocar, se você escolher esse ringtone”. Os trechos podem ser ouvidos e descarregados de forma gratuita, mas não é possivel fazer comentários. A agência espacial pede apenas que se atribuam os créditos.

FONTE: http://new.d24am.com/amazonia/ciencia/audios-historicos-missoes-nasa-divulgados/122637

José Aldo faz os últimos preparativos para defesa do cinturão diante de Chad Mendes

No UFC  179, que acontece este sábado (25) no Rio de Janeiro, o lutador amazonense defende pela sétima vez consecutiva o título dos penas do campeonato internacional

Neste sábado (25), José Aldo vai defender pela sétima vez o cinturão dos penas do Ultimate, no UFC 179, contra o norte-americano Chad Mendes, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. A dois dias do grande confronto, o brasileiro participou do treino aberto do evento, que aconteceu ontem  no estádio do Maracanã e contou com uma torcida que gritou e apoiou bastante os brasileiros. Quase como um replay do que aconteceu no UFC 142, na primeira vez que enfrentou Chad, em 2012, o brasileiro terminou os treinos e literalmente correu para a galera.

Logo após o final de seu treinamento, segundo o protocolo organizado pelo Ultimate, Aldo deveria posar para fotos diante da imprensa. Porém o campeão dos penas ignorou o pedido dos seguranças, ultrapassou a divisão da imprensa e foi até os torcedores que gritavam seu nome da arquibancada. Ao ser perguntado sobre a correria, o manauara mostrou sua empolgação com a nova apresentação diante da torcida brasileira.
 Aos gritos de “Uh, vai morrer”, o desafiante ao título dos penas, Chad Mendes, não perdeu o bom humor com as vaias que recebeu quando iniciou suas atividades. O americano, que chegou ao lado de Urijah Faber, líder da Team Alpha Male, seus treinadores e sua esposa, mostrou que está com a confiança em alta para faturar o cinturão. Na hora da encarada, o clima foi tranquilo. O treino aberto ainda contou com a participação de mais quatro lutadores brasileiros. No coevento principal da noite, Glover Teixeira também entrou na onda dos torcedores. Após sua atividade, foi até a3s torcida e distribui sua camisa e luvas para os fãs. Oponente do atleta tupiniquim, Phil Davis, que já atuou no Rio de Janeiro em duas ocasiões, mostrou que já se sente em casa.

Faber quer pegar McGregor

O peso-galo Urijah Faber é um dos nomes mais famosos do UFC no momento. Até por isso, nas divisões de peso mais leve seu nome é constantemente especulado para superlutas, como ocorreu quando o California Kid quase subiu para os penas para enfrentar Frankie Edgar. Mas outro nome pode estar no seu radar: o do irlandês Conor McGregor. Ao ser perguntado  sobre sua opinião em relação ao falastrão peso-pena, Faber admitiu que gostava do estilo de McGregor e disse que adoraria lutar com ele. “Eu gosto do McGregor. Ele traz coisas diferentes para o esporte e certamente é um sabor a mais para a divisão. Se eu subiria para enfrentá-lo? É claro que sim. Mas isso depende do Ultimate, vamos ver o que eles têm em mente”,  afirmou.

fonte: http://acritica.uol.com.br/craque/Jose-Aldo-preparativos-Chad-Mendes_0_1235876405.html

Clima tenso e cheio de melindre marca último debate entre candidatos a governo do AM

O senador Eduardo Braga, que foi governador de 2003-2010, deu destaque aos projetos que ele criou em sua gestão, enquanto o atual candidato a reeleição, José Melo, também aproveitou para fazer propaganda do que ele já fez

Debate TV Amazonas
O último debate entre os candidatos a governo do Amazonas, Eduardo Braga e José Melo, antes das eleições ocorreu nesta quinta-feira (23) e contou com acusações e declarações polêmicas sobre corrupção e acusações pessoais para tentar influenciar os eleitores a mudar de lado. Várias perguntas ficaram sem respostas e foram rebatidas com mais acusações, deixando o eleitor cheio de dúvidas para o segundo turno, que ocorre neste domingo (26).

O debate, mediado pelo apresentador Carlos Tramontina, teve três blocos: um com perguntas de tema livre, outro com perguntas de tema sorteado, e um última com considerações. Cada candidato teve 30 segundos para formular perguntas, um minuto e meio para responder, um minuto para replicar e um minuto para treplicar. As considerações finais estavam limitadas a dois minutos e meio cada. O senador Eduardo Braga, que foi governador de 2003-2010, deu destaque aos projetos que ele criou em sua gestão, enquanto o atual candidato a reeleição, José Melo, também aproveitou para fazer propaganda do que ele já fez.

Segurança pública

No início, Eduardo Braga resolveu tocar na ferida da atual administração quando tratou do tema segurança pública, perguntando sobre o por que das fugas recordes nos presídios do Amazonas. Melo não respondeu a pergunta de início e disse que a segurança do Amazonas é bem tratada, que problema é fruto da superlotação dos presídios e da eficiência da polícia que tem prendido muitos criminosos. "Não temos como evitar que aqui e acolá aconteça uma fuga por conta da superlotação", disse Melo. Braga replicou citando a grande fuga do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e as decapitações ocorridas em presídios nos últimos meses e perguntou a Melo o que estava acontecendo, a que ele respondeu "o que está acontecendo são suas armações.[...] Para ganhar uma eleição a qualquer custo, você está enxovalhando o povo que lhe deu abrigo". Na sua vez de fazer a pergunta sobre o tema, Melo questionou a Braga sobre o que achava de um homem que agride uma mulher. Braga desconversou de início falando do problema da insegurança no estado e do suposto acordo entre governo e facções criminosas, que Melo estaria hesitante em comentar, e depois rebateu: "Violência contra a mulher é totalmente reprovável. Sou casado há 33 anos, respeito a minha mulher as minhas filhas". Melo disse, então, não ser leviano, e comentou a prisão de suspeitos de roubo que estariam utilizando um veículo da coligação de Braga para cometer os delitos.

Saúde

Quando acusado por Braga de ter gente esperando nas filas dos hospitais, Melo devolveu dizendo que é porque Eduardo deixou o governo devendo a saúde pública, com 300 mil pessoas aguardando cirurgias na fila de espera. Como nos outros debates, Braga acusou o atual governador de não construir unidades de saúde especializadas e deixar faltar remédios na Fundação Cecon, citando uma decisão em que a Justiça Federal obrigou a Susam a repassar recursos para a compra de medicamentos na unidade. "Quem vê o José Melo pensa que ele não é governador do estado. Meu amigo, você que usa a rede pública de saúde, não tem medicamento. Falta gestão, investimento, como nós fazíamos. Eles não construíram policlínicas, Caic, Caimes. Eu vou levar saúde especializada para o interior". Melo aproveitou para falar que nesta quinta-feira (23) assinou um decreto desapropriando o terreno da antiga Santa Casa de Misericórdia para a construção de um hospital especializado no tratamento de câncer infantil, prometeu ainda construir mais dois andares na FCecon, e atirou: "Falta de remédio é coisa da cabeça do [candidato] Braga".

Corrupção

Melo perguntou a Braga sobre o que achava de funcionário público envolvido em corrupção, a que ele disse que quando ele foi governador adotou várias medidas para tornar eficiente o funcionalismo público, como a criação do código de ética do servidor estadual, da Controladoria Geral do Estado e do Portal da Transparência. Melo, então, rebateu: "Tudo isso não foi suficiente para evitasse que a Polícia Federal visitasse sua administração. Tudo isso não foi suficiente para que você sofresse dez processos. Seu governo teve sim problemas muito sérios. Você comprou viaturas em empresas que você era sócio, hoje o Ministério Público Eleitoral (MPE) e Tribunal de Contas da União (TCU) está condenado seu governo a devolver os recursos". Braga treplicou dizendo que Melo responde a processo no Superior Tribunal de Justiça (STJ) por desvio de verba de merenda escolar e atirou: "Cadê o dinheiro, Zé Merenda?". Melo solicitou direito de resposta por isso, mas teve o pedido negado.

ZFM e educação

Braga perguntou sobre a Zona Franca de Manaus e disse que ele foi responsável pela prorrogação do modelo como líder de governo. Ele aproveitou para enaltecer o governo Dilma e atacar líderes do PSDB, que apóiam Melo nesse segundo turno das eleições para governador do Estado. Melo rebateu dizendo que o esforço para que isso ocorresse foi de todos e que: "dizer que vai lutar pela Zona Franca é conversa fiada. Ela está plenamente consolidada, com previsão constitucional". Braga ainda perguntou sobre o ranking do Índice de Desenvolvimento de Ensino Básico (Ideb) do Ensino Médio, em que o Amazonas caiu de 11º para 17º lugar durante a gestão de Melo, que respondeu que a queda era porque Braga "não tinha feito o dever de casa", deixando de implementar medidas importantes para o setor, como o Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos professores. Braga, então, lembrou que Melo foi secretário de educação tanto do Estado quanto de Manaus, e o acusou de promover servidores dentro da pasta de educação em troca de apoio político, o que teria prejudicado o ensino. Melo, então, acusou: "Acho que Braga está vivendo um sonho".

Considerações finais

Nas considerações finais, Melo desafiou Braga: "Se eu tiver processo [no TCU] e tiver devendo, eu renuncio à minha candidatura, mas se não tiver, ele renuncia à dele". Braga corrigiu-o, dizendo que não o acusou de ter processo no TCU, e sim no STJ, e aproveitou para atacar novamente os aliados PSDBistas de Melo, dizendo que eles prejudicarão a Zona Franca.

FONTE: http://acritica.uol.com.br/noticias/Clima-melindre-candidatos-governo-AM_0_1235276507.html

TRE nega recurso e Francisco Souza continua sem registro de candidatura

 

Manaus - O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) rejeitou um recurso do deputado estadual Francisco Souza (PSC), que tentava regularizar seu cadastro eleitoral e, desta forma, ter aprovado seu registro de candidatura na eleição deste ano. O deputado teve o título eleitoral cancelado pelo Cartório Eleitoral no município de Iranduba porque o parlamentar não fez o recadastramento obrigatório, no primeiro semestre deste ano. Sem o título eleitoral, Souza não pode votar nem ser votado e os 19 mil votos que o parlamentar obteve, na eleição deste ano, não são contabilizados no resultado final do pleito.

No recurso ingressado por Souza, o parlamentar argumenta que não foi notificado pela Justiça Eleitoral para fazer o recadastramento eleitoral.  Por outro lado, o relator do processo no TRE, juiz Marco Antônio Pinto da Costa, afirmou que a necessidade do re cadastramento foi amplamente divulgado pela mídia e que seria impossível à Justiça Eleitoral notificar individualmente cada eleitor do município de Iranduba.  “Cerca de 85% do eleitorado de Iranduba compareceu à revisão biométrica, revelando o sucesso da divulgação e presumindo-se que os 15% que não compareceram não possuiam domicílio eleitoral no município”, cita o magistrado em seu voto. Cinco juízes do TRE votaram pelo não conhecimento do recurso de Francisco Souza. Apenas o juiz Dídimo Santana discordou da decisão.  Santana avaliou que a medida é muito ‘rígida’ para uma falha administrativa. “Na prática, o que se está fazendo é cassar os direitos políticos e a Constituição Brasileira estabelece os critérios para isto. E este caso não se encaixa em nenhum destes critérios”, disse Santana.

FONTE: http://new.d24am.com/noticias/politica/nega-recurso-francisco-souza-continua-registro-candidatura/122643

Aneel decide na próxima quarta-feira (29) se concede reajuste de energia de 19,22% ao Amazonas

A concessionária local responsável pelo fornecimento, a Eletrobrás Amazonas Energia, pediu à agência um reajuste de 19,22%, bem acima do que a inflação experimentada no período, que foi apenas de 6,75%

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que vai decidir sobre o reajuste tarifário do fornecimento de energia elétrica no Estado do Amazonas na próxima quarta-feira (29). Esse ano, a concessionária local responsável pelo fornecimento, a Eletrobrás Amazonas Energia, pediu à agência um reajuste de 19,22%, bem acima do que a inflação experimentada no período, que foi de 6,75%, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Se a Aneel aprovar a proposta da empresa vai ser o maior aumento na conta de energia do amazonense desde 2011, quando a Eletrobrás Amazonas Energia tarifou as residências do Estado 11,42% a mais e as indústrias, 11,09% a mais.

Ainda que esse aumento tenha sido um pouco aliviado pela redução tarifária de 2,03% para residências e 2,14% para indústrias em 2012  é fato que a conta ainda pesa no bolso. Aline Carvalho, 30, disse que o reajuste vai mexer muito no orçamento de casa. "Eu já sou programada pra pagar colégio de criança, supermercado, e ainda vai ter reajuste... Se for mesmo o de 19,22% que a concessionária está pedindo quero ver como vamos fazer, vamos ter racionar ar-condicionado? Manaus é minha terra, mas é uma terra muito quente, é difícil ficar sem ar-condicionado aqui", ponderou. Por conta de sua posição como coordenadora de promoção de eventos, ela diz que precisa ficar conectada boa parte do tempo, o que obviamente consome energia. "Preciso de computador ligado quase sempre, minha filha, que estuda, também o usa muito. Aqui em casa, nosso forno é elétrico, pra você ter ideia. Realmente torço para o reajuste não ser alto".

Regulamentação 

O reajuste tarifário de energia elétrica é regulamentado por lei e atualizado anualmente como prevê a Resolução Normativa da Aneel, nº 234, de 31 de outubro de 2006. Além do reajuste, a tarifa também é revisada uma vez a cada quatro anos. A última revisão do serviço no Amazonas ocorreu em 2013, e viu a tarifa residencial subir 2,07%. A industrial, no entanto, caiu 10,87% no mesmo ano, em decorrência do incentivo à indústria concedido pelo governo federal para estimular o setor economicamente. Ele tem por objetivo repassar os custos não gerenciáveis e atualizar monetariamente os custos gerenciáveis. O reajuste acontece anualmente, na data de “aniversário” do contrato de concessão, o que, no caso do Amazonas, acontece em novembro. De acordo com a agência, os custos não gerenciáveis são aqueles relativos aos serviços de geração e transmissão de energia contratados pela distribuidora e ao pagamento de obrigações setoriais enquanto os gerenciáveis decorrem dos serviços prestados diretamente pelas concessionárias como distribuição de energia, manutenção da rede, cobrança das contas, centrais de atendimento e remuneração dos investimentos.

FONTE: http://acritica.uol.com.br/noticias/Aneel-reajuste-tarifario-Amazonas-quarta-feira_0_1235276496.html

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

STJ impõe multa diária de R$ 500 mil para inibir greve de policiais federais

 
Brasília - A ministra Assusete Magalhães, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), estabeleceu multa de R$ 500 mil por dia a ser paga por entidades de policiais federais caso descumpram liminar que impede a greve da categoria. Segundo informação publicada no site do STJ, a decisão tem o objetivo de inibir o movimento grevista dos policiais durante o período eleitoral.
A greve está suspensa, informou a Federação Nacional dos Policiais Federais, em seu site. Ao conceder liminar, na época da Copa do Mundo, a ministra havia fixado multa diária de R$ 200 mil. Como os policiais ameaçaram parar nos dias 22, 23 e 24 de outubro, véspera do segundo turno das eleições, ela atendeu a pedido da União e elevou o valor da multa.

A União alega que jurisprudência do Supremo Tribunal Federal não admite movimento grevista por parte dos servidores das carreiras de segurança pública. A ministra Assusete Magalhães afirmou que “inequívoca é a impossibilidade de os policiais federais realizarem movimento paredista, em face da natureza de suas atribuições, que visam preservar a ordem pública, proteger as pessoas e o patrimônio, manter a paz social e o Estado Democrático de Direito, notadamente às vésperas do segundo turno das eleições”. Ela observou que no segundo turno das eleições “compete à Polícia Federal prestar imprescindível e relevante serviço de polícia judiciária eleitoral e de prevenção ao cometimento de crimes eleitorais”. De acordo com a ministra, “os policiais federais dispõem de outros meios para negociar suas reivindicações, que merecem especial consideração do poder público, por força dos relevantes serviços prestados pela categoria à sociedade brasileira”. Ela conclamou as partes a reabrir os canais de diálogo na busca de solução para o impasse. Em seu site, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) anunciou a suspensão da greve em todo o país. A decisão foi tomada na terça feira, 21, à noite, em uma videoconferência com todos os 27 sindicatos regionais.

“Na reunião foi aprovado um voto de confiança à intervenção do ministro interino da Casa Civil, Valdir Simão, e do ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, que estabeleceram um compromisso já agendado para solucionar a crise na Polícia Federal”, destaca texto publicado no site da Federação. Segundo a entidade, “a greve foi decidida pela categoria, em resposta ao encaminhamento, pelo governo federal, da Medida Provisória 657/2014, que injustificadamente definiu melhorias apenas para os delegados”. Jones Borges Leal, presidente da Federação dos Policiais Federais, declarou ao site da entidade, que “a suspensão da greve mostra que o movimento sindical da PF é apartidário e justo”. Ele afirmou que os policiais estão “há quase seis anos com salários congelados”.

fonte: http://new.d24am.com/noticias/brasil/impoe-multa-diaria-500-para-inibir-greve-policiais-federais/122589

PF e polícia colombiana prendem um dos traficantes mais procurados do mundo

 

Brasília - Um dos traficantes mais procurados do mundo foi preso na última quarta-feira (22) pela Polícia Federal (PF), em Boavista (RR), em ação que contou com apoio da Polícia Nacional Colombiana. Mais conhecido como Marquito Figueroa, o traficante Marcos de Jesús Figueroa García deverá ser extraditado para Colômbia em 60 dias, conforme informou nesta quinta-feira (23) o diretor de Investigação e Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal, Oslain Campos Santana.
“É uma pessoa envolvida em violência, movimentação de cocaína, assassinatos e, inclusive, uma fuga espetacular da prisão [na Colômbia] em 2002”, salientou Santana, durante coletiva de imprensa.

Marquito Figueroa responde por mais de 100 processos na Colômbia. Por conta de sua periculosidade, o governo colombiano oferecia recompensa de US$ 250 mil por informações que possibilitassem sua prisão.
“Há muitos anos procurávamos esse delinquente. Ele tem cinco ordens de captura por diferentes delitos, entre eles narcotráfico, contrabando, formação de quadrilha e homicídios. Acreditamos que tenha cometido mais de 250 homicídios, inclusive de autoridades e políticos locais ligados, principalmente, a prefeitos", disse o adido policial da Colômbia no Brasil, Narcizo Martinez. Há aproximadamente um ano, a polícia colombiana infiltrou um agente no grupo de Figueroa. “Em agosto, recebemos um comunicado da Colômbia informando que ele estaria em território nacional. Iniciamos uma a investigação e confirmamos que realmente ele estava no  Brasil, especiíicamente em Roraima. Requeremos pedido de prisão e extradição ao Supremo Tribunal Federal, o que foi cumprido ontem, em operação conjunta com a polícia colombiana”, explicou Santana.

A prisão não foi imediata, porque a polícia brasileira precisava confirmar a identidade do criminoso. “Tivemos dificuldades, pois, a exemplo de narcoterroristas, ele utilizava documentação falsa”, acrescentou o delegado. Sergundo ele, a operação foi bem planejada e, por isso, não foi necessário nenhum disparo. “Não houve também qualquer reação por parte dele [no momento da prisão]”, observou Santana. A PF informou que, no momento da prisão, não foram apreendidos armas nem dinheiro na casa de Figueroa. “Iniciaremos uma investigação para identificar se ele 'lavou' ativos no Brasil”, assinalou o delegado. De acordo com o adido da polícia colombiana, é possível que, posteriomente à extradição para a Colômbia, Marquito Figueroa seja extraditado para os Estados Unidos. “Não há nada definido”, ressaltou. Conforme o delegado da PF, o sucesso da operação deve ser creditado aos acordos de cooperação que a polícia brasileira mantém com países vizinhos, casos da própria Colômbia, Bolívia, Argentina, do Peru, Paraguai e Uruguai. “Por meio dessas parcerias, trocamos informações, experiências e capacitamos policiais em diferentes países. A operação de hoje é um exemplo dessa cooperação”, completou.

fonte: http://new.d24am.com/noticias/brasil/policia-colombiana-prendem-traficantes-mais-procurados-mundo/122607

Pesquisa do Instituto DIÁRIO: Melo tem 54,4% e Braga, 45,6%

 
Manaus - Pesquisa de intenção de votos para governador do Amazonas, realizada pelo Instituto da Rede Diário de Comunicação (Instituto Diário-IDP), mostra o governador do Amazonas e candidato à reeleição, José Melo (PROS), com 50,8% das intenções de voto dos eleitores do Amazonas, contra 42,6% dos que dizem que votariam no senador Eduardo Braga (PMDB). Os que disseram estar indecisos ou que votarão em branco ou vão anular o voto somam 6,6%. Quando computados apenas os votos válidos, em todo o Estado, sem os indecisos e os que disseram que votarão em branco ou nulo, Melo tem 54,4% e Braga 45,6%.

Instituto Diário também perguntou aos eleitores do Amazonas em quem eles pretendem votar para a Presidência da República.


                                    

Registro

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01151/2014 e no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número AM-00067/2014  e foi realizada no período de 18 a 21 de outubro de 2014, envolvendo diversos bairros localizados nas 13 zonas eleitorais do município de Manaus e em 11  zonas eleitorais no interior do Estado.

Foram entrevistados 1.066 eleitores, sendo 594 na capital e 472 no interior.

De acordo com o responsável pelo IDP, o estatístico e matemático Edmilson de Araújo Silva, “o estudo foi conduzido de modo que a margem de erro máxima seja de 3,0 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95%”. 

fonte: http://new.d24am.com/noticias/eleicoes-2014/pesquisa-instituto-diario-melo-544-braga-456/122575

Embarcação colide com banco de areia e deixa pelo menos 26 passageiros feridos, em Barcelos

O barco, do tipo expresso, partiu de Manaus com rumo a São Gabriel da Cachoeira levando 72 passageiros; dos 26 feridos, 16 foram liberados, e 3 podem vir a Manaus para fazer exames adicionais

Um acidente causado pelo baixo nível do rio Negro deixou pelo menos 26 pessoas feridas na noite desta terça-feira (21). Segundo informações da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (5ª CIPM), uma embarcação do tipo expresso, que saiu de Manaus para o município de São Gabriel da Cachoeira (a 852 km da capital), com 72 passageiros, teria colidido com um banco de areia, provocando contusões em quem estava no barco. A situação ocorreu na altura do município de Barcelos (a 405 km de Manaus), em um trecho próximo à comunidade Vila de Moura, localizada na mesma cidade, entre as 22h30 e as 23h de ontem. A tripulação se esforçou para retirar a embarcação da areia, mas não foi possível, restando a quem estava no barco buscar acolhida e atendimento médico no município mais próximo, justamente em Barcelos.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Susam), o Hospital Geral da Cidade atendeu, durante a madrugada, 26 vítimas do acidente. De acordo com informações repassadas pelo diretor do hospital, Carlos Dias, todas as pessoas atendidas chegaram ao serviço de urgência da unidade conscientes, apresentando pequenos cortes e escoriações, nenhuma com risco de morte ou estado grave. Do total de pacientes atendidos, 16 já haviam sido liberados por volta das 9h da manhã desta quarta-feira (22), e dez permaneciam em observação, recebendo medicação principalmente para dores. Desses dez, três receberam encaminhamento para realizar exames complementares de avaliação da parte neurológica em Manaus. O diretor ressaltou, ainda, que não há gravidade no quadro de saúde das vítimas e que a remoção está sendo providenciada, com previsão de chegada dos pacientes a Manaus no início da noite de quarta.

fonte: http://acritica.uol.com.br/noticias/Embarcacao-colide-passageiros-feridos-Barcelos_0_1234676539.html

Ifam abre 3,4 mil vagas para o processo seletivo 2015 para níveis técnico e superior

Ao todo são oferecidas 3.474 vagas, sendo 1.856 vagas nos campi do interior e 1.618 na capital para os cursos técnicos de nível médio na forma integrada, subsequente e Proeja, além dos cursos de graduação

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM) abriu inscrições para o processo seletivo 2015 para os cursos de graduação e os técnicos de nível médio na forma integrada e subsequente. As inscrições vão até o dia 13 de novembro e as provas acontecerão no dia 14 de dezembro. Ao todo são oferecidas 3.474 vagas, sendo 1.856 vagas nos campi do interior e 1.618 na capital para os cursos técnicos de nível médio na forma integrada, subsequente e Proeja, além dos cursos de graduação. As inscrições serão pelo site da instituição ou em postos de atendimento nos campi até 13 de novembro. O boleto pode ser pago em qualquer agência bancária ou casas lotéricas.

As taxas de inscrições variam de R$ 10 para os cursos de nível médio e Proeja para os campi do interior, R$ 30 para os cursos de nível médio nos campi da capital e a R$ 40 para os cursos de graduação em Manaus. O Ifam oferece cursos técnicos, licenciaturas, engenharias e a mais recente graduação em medicina veterinária, sendo este último ofertado apenas na capital amazonense. A instituição possui 15 campi: Manaus Centro, Manaus Zona Leste, Manaus Distrito Industrial, Coari, Humaitá, Manacapuru, Parintins, Presidente Figueiredo, Tefé, Tabatinga, Lábrea, São Gabriel da Cachoeira e Maués.

Curso técnico de ensino médio integrado
Oferecido somente a quem já tenha concluído o ensino fundamental. A forma integrada significa que o curso garante tanto a formação de ensino médio quanto a formação técnica profissional.

Curso técnico na forma subsequente

Oferecido somente a quem já tenha concluído o ensino médio. A forma subsequente significa que o curso garante formação técnica profissional, assim, ao concluir este curso, que tem duração de três a quatro módulos (dependendo do curso) e confere ao aluno o diploma de técnico de nível médio.

Curso técnico na modalidade Eja-Proeja

São cursos voltados aos estudantes que concluíram o ensino fundamental e tenham 18 anos completos. O Proeja tem como proposta integrar educação profissional à educação básica, buscando a superação da dualidade entre trabalho manual e intelectual, assumindo o trabalho na sua perspectiva criadora não alienante.

Ensino de graduação

Destina-se a candidatos que tenham concluído o ensino médio. Compreende o período de preparação profissional para áreas de atuação que exijam conhecimentos específicos. Envolve estudos de graduação e de pós-graduação, bem como estudos e formação de natureza vocacional.

Vestibular Ifam
Período: até 13 de novembro
Taxa de inscrição: R$ 10 (médio e Proeja interior); R$ 30 (nível médio capital); e R$ 40 (cursos de graduação)
Data da prova: 14 de dezembro
www.ifam.edu.br

fonte: http://acritica.uol.com.br/noticias/Amazonas-Manaus-concursos-educacao-IFAM-lanca-editais-Processo-Seletivo_0_1234676551.html

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Vox Populi: Dilma tem 46% das intenções de voto e Aécio, 43%

Dilma Rousseff se sai melhor entre os eleitores das regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste. Aécio lidera no Sul e no Sudeste

Pesquisa feita pelo instituto de consultoria Vox Populi, a pedido do grupo Record, mostra empate técnico entre o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, e a candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT). Segundo o levantamento, Dilma aparece com 46% das intenções de voto e Aécio com 43%. Votos brancos e nulos somam 5% e indecisos, 5%.

No levantamento anterior, Dilma tinha 45% dos eleitores consultados e Aécio, de 44%.

Considerados os votos válidos, excluindo-se os votos brancos, nulos e indecisos, mesmo procedimento utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial, Dilma tem 52% e Aécio, 48%. Configurando também empate técnico. Dilma Rousseff se sai melhor entre os eleitores das regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste. Aécio lidera no Sul e no Sudeste. Quanto à avaliação de governo, 43% consideram o governo de Dilma bom ou ótimo; 36%, regular; e, 21%, ruim ou péssimo.  O Vox Populi ouviu 2 mil eleitores no sábado (18) e no domingo (19), em 147 cidades. O nível de confiança é 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01136/2014.

FONTE: http://acritica.uol.com.br/noticias/Vox-Populi-Dilma-intencoes-Aecio_0_1233476693.html

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Cometa passa 'raspando' por Marte

 

Washington - Um cometa do tamanho de uma pequena montanha passou raspando por Marte neste domingo (19), um encontro que acontece uma vez a cada milhão de anos. O cometa, conhecido como Siding Spring (C/2013 A1), chegou ao ponto mais próximo de marte às 18h27 GMT deste domingo, passando pelo Planeta Vermelho a uma velocidade de 203.000 km/h. Ele ficou a uma distância de 139.500 km de Marte, menos da metade da distância entre a Terra e a Lua.

Segundo cientistas, a passagem do cometa ofereceu uma oportunidade única de estudo do seu impacto sobre a atmosfera marciana. "É uma ótima oportunidade de aprendizado", comemorou Nick Schneider, da missão da sonda Maven em Marte. O cometa foi descoberto por Robert McNaught no observatório australiano Siding Spring, em janeiro de 2013. Acredita-se que ele tenha se originado bilhões de anos atrás, na Nuvem de Oort, uma região distante do espaço de onde partem cometas que "permanecem inalterados desde os primeiros dias do Sistema Solar", segundo a Nasa.

O cometa viajou mais de 1 milhão de anos para fazer esta primeira parada em Marte, e só irá retornar dentro de outro milhão de anos, assim que completar uma volta ao redor do Sol. Antes de o cometa entrar na órbita do Planeta Vermelho, a Nasa reposicionou as naves Mars Reconnaissance Orbiter, Mars Odyssey e Maven, para evitar danos às mesmas causados pelos resíduos do Siding Spring.

fonte: http://new.d24am.com/amazonia/ciencia/cometa-passa-raspando-marte/122341

Inscrição para vagas na Petrobras termina nesta segunda-feira

 

Manaus - Encerra, nesta segunda-feira (20), o período de inscrição para as vagas no concurso público da Petrobras. Ao todo, são 663 vagas, sendo 575 para cargos de nível Médio e 88 para cargos de nível Superior, além de 7.425 vagas para formação de cadastro reserva. O salário pode chegar a R$ 8.081,98 .

Para o nível Médio, os candidatos irão disputar vagas para o cargo de Técnico de Administração e Controle Junior em áreas como Enfermagem, Logística de Transporte, Segurança do Trabalho, Químico e Exploração de Petróleo. São 47 vagas adicionadas a 520 vagas de cadastro de reserva. O salário é de R$ 2.821,96. Para os cargos de nível Superior, há oportunidades para as áreas de Relações Públicas, Engenheiro Civil, Elétrica, de Produção e de Segurança,  Geofísico, entre outras. As inscrições devem ser realizadas no site da Cesgranrio (http://www.cesgranrio.org.br/). O valor das inscrições é de R$ 40,00 para cargos de nível Médio e R$ 58,00 para nível Superior. As provas objetivas serão no dia 7 de dezembro. O processo seletivo terá validade de seis meses e pode ser prorrogado por igual período. O edital completo, com quadro de cargos, polos de trabalho, localidades, vagas, cidades de provas, requisitos e remuneração, pode ser consultado no site da Cesgranrio ou da Petrobras.

fonte: http://new.d24am.com/noticias/concursos/inscricao-para-vagas-petrobras-termina-nesta-segunda-feira/122340

domingo, 19 de outubro de 2014

Horário de verão: relógios devem ser adiantados uma hora

O horário de verão só é aplicado nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, porque nesses estados o consumo é maior e é onde os melhores resultados são alcançados. Assim, o Amazonas terá duas horas de diferença do horário de Brasília até fevereiro de 2015

A partir da 0h deste domingo (19) os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão adiantar seus relógios em uma hora. A edição 2014/2015 do horário brasileiro de verão terá uma semana a mais, para não coincidir com o carnaval, e terminará no dia 22 de fevereiro do ano que vem. Segundo o Ministério de Minas e Energia, mesmo com uma duração maior, a medida deverá resultar em uma economia menor do que no ano passado. A estimativa é que sejam poupados R$ 278 milhões com geração de energia térmica. Na edição anterior a economia foi R$ 405 milhões.

O valor é menor devido à escassez de chuvas que elevou o uso da energia gerada pelas usinas térmicas. A estimativa é reduzir 4,5% na demanda de energia no horário de pico, entre as 18h e as 21h, o que representa 2.595 megawatts. Instituído pela primeira vez em 1931, o horário de verão é adotado sempre nesta época do ano para aproveitar melhor a luminosidade natural do dia e reduzir o consumo de energia, que cresce naturalmente por causa do calor e do aumento da produção industrial às vésperas do Natal. Com a mudança de horário é possível reduzir a demanda por energia no período de suprimento mais crítico do dia, entre as 18h e as 21h, quando a coincidência da utilização de energia elétrica por toda a população provoca um pico de consumo. Com a redução, o uso de energia gerada por termelétricas pode ser evitado, reduzindo o custo da geração de eletricidade.

O horário de verão só é aplicado nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, porque nesses estados o consumo é maior e é onde os melhores resultados são alcançados. A aplicação no Norte e no Nordeste não foi recomendada, porque teria poucos benefícios em termos de economia de energia. Segundo o Ministério de Minas e Energia, o aproveitamento da luz natural ao longo do dia no verão é maior em locais mais próximos aos trópicos. Nos locais mais próximos à Linha do Equador o aproveitamento é reduzido, porque há uma menor intensificação da luz natural ao longo do dia.

fonte: http://acritica.uol.com.br/noticias/Horario-verao-relogios-devem-adiantados_0_1232276774.html